CONCHA ACÚSTICA
INTERVENÇÃO MURAL

DAS PALAVRAS, MATÉRIA

Franpancispiscapa, 2022

Curadoria: Rita Roque

Caos, inquietação, mudança, quotidiano, metamorfose, questões de género e liberdade, são alguns dos temas trabalhados pela artista Franpancispiscapa, a partir da constelação de poemas de Ana Luísa Amaral.
As personagens que povoam e dão ritmo a esta marcha sobre a superfície da Concha Acústica, perpassam uma pequena assembleia de personagens que nos interpela para uma caminhada imaginária. Personagens como o gafanhoto, símbolo eletrizante da inquietação, bem como, a traça – guardiã da passagem do quotidiano são indícios de uma teia mitológica própria.

SEX 26 AGO A DOM 11 SET
RÁDIO ESTAÇÃO

RÁDIO ESTAÇÃO

HORÁRIO FL
SEG A QUI 12H — 21H
SEX 12H — 23H
SÁB 11H — 23H
DOM 11H — 21H     

FREQUÊNCIA 97.3 FM
HORÁRIO DE EMISSÃO: 9H — 1H           

Programadores: Núcleo de Programação do Museu da Cidade, Matéria Prima e Sonoscopia

De regresso aos Jardins do Palácio de Cristal e às ondas hertzianas em FM, a Rádio Estação será um posto de emissão constante e um ponto de encontro obrigatório para criadores, pensadores, editores e autores durante os 17 dias de duração do evento. 

Câmara de ressonância e estúdio de gravação, a Rádio Estação emitirá paisagens sonoras e palavras sopradas,  um amplo conjunto de entrevistas com intervenientes no programa cultural do evento, leituras, pequenos concertos, conversas em torno de projetos editoriais mais ou menos recentes.

Em destaque, os Concertos ARCA, programa regular da grelha da Rádio Estação, que durante o evento, e com curadoria da Matéria Prima, reclama espaço para a mais nova geração de músicos ligados à dinâmica e vibrante cena sonora da cidade do Porto; o programa de paisagens sonoras, Pólen, com curadoria da Sonoscopia; a celebração dos 50 anos de existência da Biblioteca Sonora; e as Relax Sessions, da autoria de Domenico Lancellotti e Tomás Cunha Ferreira. 

SEX 26 AGO (17H INAUGURAÇÃO)
GABINETE GRÁFICO — BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
EXPOSIÇÃO

MANUEL GUSMÃO: ESCREVO PARA UM AMIGO QUE VIRÁ

Curadoria: Núcleo de Programação do Museu da Cidade
com Helena Carvalhão Buescu
Leituras por Ao Cabo Teatro

E se o anjo da história não pode “acordar os mortos e reunir os vencidos”, talvez a poesia possa gravar nas margens da história — na areia das suas praias como entre as linhas da sua escrita — a esperança que sobrevive a todos os seus desastres. Essa gravação que a leve mão do vento pode apagar é contudo uma marca ou uma figura que vem do futuro; porque é sempre no futuro-agora que lemos.

 

Manuel Gusmão: Escrevo para um amigo que virá é a nova exposição que o Núcleo de Programação do Museu da Cidade preparou para o Gabinete Gráfico, instalado no foyer do Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, onde se desenvolve o programa literário da Feira do Livro.

Poeta, ensaísta, professor universitário e leitor de poesia, Manuel Gusmão (Évora, 1945) é autor de uma obra inclassificável onde a poesia, a política e a poética se unem e concorrem para dar a ler o mundo e repensar os laços entre humanos e mais do que humanos.

A exposição poder-se-ia também chamar Incerta Chama ou A Terceira Mão ou, ainda, A Foz em Delta, outras tantas declinações que encontramos na sua poesia, que nos dariam a dimensão cósmica da leitura, a sua força anunciadora como lugar de encontro íntimo e profundo com o outro em nós. É essa a sua força subversiva e transformadora. 

A exposição, lugar de escuta e de declamação, estrutura-se em torno de uma constelação de autores estudados por Manuel Gusmão ensaísta e de um conjunto de fragmentos da sua obra poética.

SEX 26 AGO, 19H (DURAÇÃO 90 MIN)
TERREIRO DO ROSEIRAL
CONCERTOS DE BOLSO

AZIA / REDOMA

Programação: Luís Salgado, Maus Hábitos

AZIA

Sintoma de males maiores, manifesta-se através da voz e da MPC.

A produtora e rapper da cidade do Porto, lançou este ano o seu primeiro álbum “Causa Torpe”, um ensaio sobre a mentira e manipulação com beats pesados e ambientes psicadélicos.

 

REDOMA

É uma nova dupla do Porto, assinada por Carolina Viana (cantora e rapper) e por Joana Rodrigues (produtora). Seguindo ambas os seus percursos académicos na música, conhecem-se durante a licenciatura, em 2017, na ESMAE. Ao longo de 2020 e 2021, encontraram na criação do EP “parte” uma forma única de comunicarem entre si no espaço que habitam. Um manifesto existencialista caracterizado pela sonoridade rap de ritmo desconstruído e poético.

SEX 26 AGO, 21H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O SENTIDO DA VIDA É SÓ CANTAR

O SOPRO ÉPICO EM MANUEL GUSMÃO: POEMA LONGO E RECITAÇÃO

por Helena Carvalhão Buescu

A singularidade da poesia gusmaniana procede, desde logo, de algo relativamente intempestivo na poesia contemporânea, mas que de modo algum podemos considerar fechado no passado: o sopro épico que a meu ver atravessa toda a obra poética do escritor, e que de alguma forma lhe dá, também, o seu carácter aural. O fascínio de Gusmão pelo poema longo vai surgindo em toda a sua obra poética, e vai sendo acompanhado pela reflexão sustentada também na sua produção ensaística.

SÁB 27 AGO, 11H (DURAÇÂO 40 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
TEATRO

UM MERGULHO NO MAR

Espetáculos para famílias com bebés entre os 18 e os 36 meses

(acompanhados de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Teatro e Bebés

A água impulsiona este espetáculo. É nela que o bebé encontra o primeiro ambiente de vivência, o elo de ligação entre o ventre materno e o mundo exterior. Uma praia, duas irmãs: entre animados mergulhos, animais e algas de todas as cores, o medo desaparece e a magia acontece.

SÁB 27 AGO, 11H (DURAÇÃO 120 MIN)
LAGO DOS CAVALINHOS
OFICINA DE DESENHO

O OLHAR (CURIOSO) DAS COISAS

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Lara Soares

Este projeto procura aproximar a prática do desenho à do caminhar em meio natural e inspira-se numa das obras de Ana Luísa Amaral. Observar, explorar, investigar, ouvir, tocar, provar. Só com o corpo e de coração aberto conseguimos tirar o maior partido do que a natureza tem para descobrir.

SÁB 27 AGO, 11H30 (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O SENTIDO DA VIDA É SÓ CANTAR

ANA LUÍSA AMARAL: POESIA E MUNDO

por Maria Irene Ramalho

A partir de dois importantes livros de Ana Luísa Amaral – a recente coletânea de poesia, O Olhar Diagonal das Coisas (2022), e o volume de ensaios Arder a Palavra e Outros Incêndios (2018) – a lição oferece um olhar amplo sobre a obra poética, teórica e crítica da poeta, com atenção especial às suas preocupações políticas com o mundo em que vivemos e que, ela insiste, urge mudar.

SÁB 27 AGO, 15H (DURAÇÃO 30 MIN)
ILHA
SESSÕES DE CONTOS

ERA UMA VES…PA!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Sandra Barros

“Era uma ves...pa!” conta a história de Lia, uma pequena vespa que não lia porque não conseguia. Com a ajuda dos melhores amigos, Lia descobre o prazer de ler, de nas histórias viajar e por dentro crescer. “Era uma ves...pa!” é uma história para crianças no início da viagem da leitura.

SÁB 27 AGO, 15H (DURAÇÃO 45 MIN)
AVENIDA DAS TÍLIAS
HOMENAGENS

ATRIBUIÇÃO DA TÍLIA DE HOMENAGEM

SÁB 27 AGO, 16H (DURAÇÃO 45 MIN + 35 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
À VOLTA DOS LIVROS

O BRINCADOR + OFICINA: 3 PALAVRAS, 1 IMAGEM

Conversa com os autores e ilustradores, seguida de oficina de ilustração

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Álvaro Magalhães e Cátia Vidinhas
Programação: Inês Vila, Tiago Andrade

Nesta sessão vamos contar com a presença dos autores para uma conversa e sessão de autógrafos do livro O Brincador, reeditado este ano, assinalando os 40 anos de vida literária do escritor. A oficina de ilustração, que trará um desafio, terá como ponto de partida a escrita e terminará com a imagem. Uma atividade destinada a crianças e famílias, com o objetivo de trabalhar o desbloqueio da criatividade.

SÁB 27 AGO, 16H (DURAÇÃO 50 MIN + 75 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
HOMENAGENS

HOMENAGEM A ANA LUÍSA AMARAL

ENTRE DOIS RIOS E OUTRAS NOITES

Apresentado por Nuno F. Santos

Uma viagem pelos lugares e pequenos ofícios de Ana Luísa Amaral, no primeiro documentário sobre a poeta. A topografia do coração, desde o regresso a Sintra até à noite que atravessa toda a sua obra e que permite conhecer mais a fundo a escrita e o que antecede esse seu particular mundo. Documentário realizado por Nuno F. Santos e João Nuno Soares.


O SOM QUE OS VERSOS FAZEM AO ABRIR

Rosa Maria Martelo

Isabel Pires de Lima 

Teresa Coutinho

Nuno F. Santos

Moderação: Luís Caetano

O olhar luciluzente de cinco cúmplices maiores sobre a obra, a vida e o legado literário e filosófico de Ana Luísa Amaral, a poeta que preferia a subversão à transgressão, o avesso à consonância.

No final da conversa, porque “todo o poema é um estado de paixão”, a Palavra contagiante e inconformista da poeta homenageada, na voz da atriz Teresa Coutinho. Poesia do tamanho do Mundo.

SÁB 27 AGO, 19H (DURAÇÃO 90 MIN)
TERREIRO DO ROSEIRAL
CONCERTOS DE BOLSO

PALANKALAMA / DAGUIDA

Programação: Luís Salgado, Maus Hábitos

PALANKALAMA

É um grupo de música instrumental da cidade do Porto. As suas influências estão essencialmente relacionadas com os universos da música folk, rock e jazz. Podendo entender a música do grupo como uma citação de lugares geográficos, reais ou imaginários, onde muitas vezes os arranjos têm um discurso perto do de uma banda sonora.

DAGUIDA

Apresentam-se como operários da lusofonia, que a partir da sua fábrica de canções, observam a condição humana, exposta na virtude e no defeito. Do seu baú, lançam batidas rock, ritmos africanos, guitarras bem-talhadas e vozes de manifesto. Com um discurso trágico-cómico, colocam a nu as questões da existência coletiva, num exercício puro de liberdade e apelo a cada ser humano para que “faça a sua parte da paz”! Aqui ou em qualquer lugar.

SÁB 27 AGO, 20H30 (DURAÇÃO 45 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS ARCA

SUMIMASEN

Programação: Matéria Prima

A ARCA propõe uma série de 7 concertos inspirados no conceito de Paisagem Sonora. ARCA é um projeto da Rádio Estação que tem vindo a recolher e divulgar gravações inéditas das múltiplas manifestações sonoras da cidade do Porto.

SÁB 27 AGO, 21H
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O LUGAR DA PALAVRA

UM NOME PARA O QUE SOU

Marta Pessoa

Portugal (2022), 1h56min

 

M/12 anos

Convidada: Marta Pessoa
Programação: Cineclube do Porto

Entre 1947 e 1949, a escritora Maria Lamas percorreu o país para dar a conhecer a realidade em que viviam as mulheres portuguesas. O resultado deste périplo foi o livro As Mulheres do Meu País.

Passados mais de 70 anos, a realizadora Marta Pessoa e a escritora Susana Moreira Marques procuram compreender que livro é este e o que nos pode dizer hoje.

Um Nome Para o que Sou é um filme sobre um livro e sobre o movimento que ele opera em nós quando o lemos.

SÁB 27 AGO, 21H30 (DURAÇÃO 60 MIN)
LAGO DOS CAVALINHOS
PORTA-JAZZ AO RELENTO

VAZIO E O OCTAEDRO

Programação: Associação Porta-Jazz

Josué Santos - Saxofone tenor, voz, composição

Afonso Silva - Saxofone alto

Hristo Goleminov - Saxofone soprano, tenor, flauta

Gianni Narduzzi - Contrabaixo, composição

João Cardita - Bateria

Beatriz Rola - Violino

Alice Abreu - Violino

Sara Farinha - Viola

Ana Conceição – Violoncelo

Apresentado em estreia no 11.º Festival Porta-Jazz, este noneto resultado de uma residência coordenada e liderada pela dupla Gianni Narduzzi e Josué Santos. “Vazio e o Octaedro” nasce sob a forma de disco da Carimbo Porta-Jazz, num momento em que o silêncio ocupa todos os espaços que outrora eram ocupados por pessoas e ideias.

DOM 28 AGO, 11H (DURAÇÃO 120 MIN)
LAGO DOS CAVALINHOS
OFICINA DE DESENHO

O OLHAR (CURIOSO) DAS COISAS

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Lara Soares

Este projeto procura aproximar a prática do desenho à do caminhar em meio natural e inspira-se numa das obras de Ana Luísa Amaral. Observar, explorar, investigar, ouvir, tocar, provar. Só com o corpo e de coração aberto conseguimos tirar o maior partido do que a natureza tem para descobrir.

DOM 28 AGO, 11H (DURAÇÂO 40 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
TEATRO

UM MERGULHO NO MAR

Espetáculos para famílias com bebés entre os 18 e os 36 meses

(acompanhados de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Teatro e Bebés

A água impulsiona este espetáculo. É nela que o bebé encontra o primeiro ambiente de vivência, o elo de ligação entre o ventre materno e o mundo exterior. Uma praia, duas irmãs: entre animados mergulhos, animais e algas de todas as cores, o medo desaparece e a magia acontece.

DOM 28 AGO, 11H30 (DURAÇÃO 75 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
CONVERSA

O OLHAR DIAGONAL DAS COISAS

Isabel Pires de Lima

Rosa Maria Martelo

Pedro Serra
Joana Matos Frias

O Olhar Diagonal das Coisas, a obra poética reunida de Ana Luísa Amaral, há poucos meses editada pela Assírio & Alvim, abre com Minha Senhora de Quê (1990) e fecha com Mundo (2021). São mais de três décadas de escrita quase contínua que nos propomos revisitar pela voz de quatro dos seus mais próximos interlocutores: Isabel Pires de Lima, Rosa Maria Martelo, Joana Matos Frias e Pedro Serra.

Em curtas mas acutilantes intervenções, serão abordados livros, temáticas ou aspectos distintivos que guiarão a audiência pelos arcanos, os cantos e os recantos de uma obra tão extensa quanto apaixonante.

DOM 28 AGO, 15H (DURAÇÃO 30 MIN)
ILHA
SESSÕES DE CONTOS

ERA UMA VES…PA!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Sandra Barros

“Era uma ves...pa!” conta a história de Lia, uma pequena vespa que não lia porque não conseguia. Com a ajuda dos melhores amigos, Lia descobre o prazer de ler, de nas histórias viajar e por dentro crescer. “Era uma ves...pa!” é uma história para crianças no início da viagem da leitura.

DOM 28 AGO, 16H (DURAÇÃO 75 MIN + 20 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
HOMENAGENS

HOMENAGEM A ANA LUÍSA AMARAL

DA TRADUÇÃO E OUTROS DESVIOS

Livia Apa

Lauren Mendinueta

Catherine Dumas

Moderação: Marinela Freitas 

A tradução constitui-se sempre como uma das paixões literárias de Ana Luísa Amaral. Traduziu para língua portuguesa importantes autores anglo-saxónicos como Emily Dickinson, William Shakespeare, John Updike, Patricia Highsmith, mas também para língua inglesa Mário de Sá-Carneiro, por exemplo.

E a sua obra poética foi profusamente traduzida para as mais diversas e distantes línguas, por tradutores como Margaret Jull Costa, Paula Abramo ou Arie Pos, para só nomear alguns.

Na sessão Da tradução e outros desvios, reunimos três das tradutoras que mais recorrentemente colaboraram com Ana Luísa Amaral — Livia Apa, Lauren Mendinueta, Catherine Dumas para uma polifonia de vozes e de línguas conduzida por Marinela Freitas.


UMA RECEITA QUALQUER – PARA UMA GASTRONOMIA EMOCIONAL


Performance de Isaque Ferreira

DOM 28 AGO, 17H (DURAÇÃO 45 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
PARA FAMÍLIAS

HISTÓRIA DA ARANHA LEOPOLDINA

Espetáculo para crianças M/3 (acompanhadas de 1 adulto)

Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Assédio Teatro

A História da Aranha Leopoldina de Ana Luísa Amaral, em forma de narrativa versificada, questiona os “papéis” socialmente pré-determinados, através da personagem-heroína que contraria as regras sociais e familiares.

Com poesia e música, este é um espetáculo cheio de ternura onde a diferença e a inclusão são exaltadas e valorizadas.

DOM 28 AGO, 19H (DURAÇÃO 120 MIN)
CONCHA ACÚSTICA
SPOKEN WORD

IAN / LISBON POETRY ORCHESTRA

Programação: Tiago Andrade

IAN

“RaiVera” é o disco de estreia de IAN, projeto a solo da violinista Ianina Khmelik. Este espetáculo é um exercício de liberdade, quer na forma como funde a eletrónica com melodias cativantes, quer na atitude que transmite em palco, com uma imagem e componente vídeo associadas. As canções de “RaiVera” são narrativas, pequenas vinhetas ora melancólicas, ora mais festivas ou dolorosas.

 

LISBON POETRY ORCHESTRA

Coletivo multidisciplinar formado por músicos que convidam outros artistas para celebrar e interpretar a poesia, numa viagem à descoberta e reinvenção da palavra dita. A LPO apresenta agora “Os Surrealistas”, um novo álbum dedicado a um grupo de artistas e poetas que, num Portugal cinzento, percebeu a urgência da liberdade.

SEG 29 AGO, 12H30 (DURAÇÃO 45 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS ARCA

FRANCISCO AMORIM

Programação: Matéria Prima

A ARCA propõe uma série de 7 concertos inspirados no conceito de Paisagem Sonora. ARCA é um projeto da Rádio Estação que tem vindo a recolher e divulgar gravações inéditas das múltiplas manifestações sonoras da cidade do Porto.

SEG 29 AGO, 17H (DURAÇÃO 45 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
SESSÕES DE CONTOS

CONTOS CRIATIVOS!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Sessão de contos seguida de Oficina Criativa com a equipa das BMP

Narração ou leitura dinâmica de livro selecionado, seguida de breve oficina criativa (ilustração, dramatização, música, jogos…). Procurar-se-á abordar temas como o feminismo, a igualdade de género e os direitos humanos, com destaque para a autora Ana Luísa Amaral.

SEG 29 AGO, 18H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O SENTIDO DA VIDA É SÓ CANTAR

O INQUIETO E INQUIETANTE RUY CINATTI

por Joana Matos Frias

Há um poema do livro Import-Export, de Ruy Cinatti, que abre com os versos “Não me detenham. Eu vi / qualquer coisa que me agita”, logo retomados nos termos que dão título e motivo a esta lição: “E eu avanço e eu caminho / inquieto, inquietante. / Não me detenham. Eu vi / uma coisa deslumbrante!”. Apesar de muitas passagens da obra poderem sugestivamente resumir certos aspetos marcantes desta figura poética tão invulgar da literatura portuguesa do século XX, será a partir de uma tal inquietação atuante na vida e na escrita que serão lidos e comentados alguns dos textos mais emblemáticos do autor de O Livro do Nómada Meu Amigo.

SEG 29 AGO, 19H (DURAÇÃO 45 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS

NILS MEISEL & PEDRO ANDRÉ

Síntese analógica e gravações áudio processadas em tempo real para criar ambientes sonoros híbridos, sintéticos e/ou concretos e imersivos. 

Nils Meisel
Artista de som residente no Porto. Tem vindo a trabalhar na área do cinema, teatro, dança e instalação.
Colabora com vários projetos musicais que deambulam entre o punk rock, beats e a música experimental, tais como Sereias, 10 000 Russos, Lonzdale´s Fantasy, Preto Marfim e Fusco. Com o artista Pedro André tem vindo a desenvolver as oficinas de som "Collected Sound Fragments" dedicadas à escuta e gravação de paisagens sonoras.

Pedro André
Nasceu em Leiria, trabalha atualmente no Porto.
Artista sonoro. Compositor residente no projeto Museu da Cidade do Porto, 2020-2022. Cofundador e membro das oficinas de som CSF, do Colectivo Piso e da editora Marvellous Tone. Cofundador e membro ativo do espaço cultural Altes Finanzamt em Berlim até 2014, organizador de eventos e técnico de som em diferentes espaços culturais e alternativos em Berlim. Colaborou com músicos e artistas de diferentes áreas em Berlim e no Porto, entre outros,  Jonathan Uliel Saldanha e Pedro Augusto, Ignaz Schick ou Nils Meisel e nas artes visuais desenvolveu trabalho para os artistas Mariana Caló e Francisco Queimadela em diversas instalações audiovisuais. Recentemente está a desenvolver dois projetos em Espanha com o artista Lorenzo Sandoval com quem colabora regularmente.

SEG 29 AGO, 21H
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O LUGAR DA PALAVRA

A NIGHT OF KNOWING NOTHING (NOITE INCERTA)

Payal Kapadia

França, Índia (2021), 1h39min

 

M/14 anos

Convidada: Rita Capucho
Programação: Cineclube do Porto

Noite Incerta a primeira longa-metragem de Payal Kapadia, é uma obra em defesa de um cinema livre, que vibra de mágoa e de cólera, relata simultaneamente uma história pessoal e também as lutas estudantis contra o sistema de castas, na Índia da atualidade, cruzando realidade com ficção, sonhos, memórias, fantasias e ansiedades.

TER 30 AGO, 12H30 (DURAÇÃO 45 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS ARCA

ANTÓNIO FEITEIRA

Programação: Matéria Prima

A ARCA propõe uma série de 7 concertos inspirados no conceito de Paisagem Sonora. ARCA é um projeto da Rádio Estação que tem vindo a recolher e divulgar gravações inéditas das múltiplas manifestações sonoras da cidade do Porto.

TER 30 AGO, 15H (DURAÇÃO 120 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
OFICINAS DE ILUSTRAÇÃO

ANIMALIA ILUSTRADA

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Inscrição prévia: bmp@cm-porto.pt

Matilde Horta

Todos gostamos de animais, especialmente os mais pequenos. Vamos conhecer e aprender mais sobre este reino através da ilustração.

Prepara o teu chapéu, binóculos, bússola e lápis e parte connosco para esta selva de atividades. Juntos vamos explorar, ilustrar e descobrir novas espécies de animais. Estás pronto para esta aventura?

TER 30 AGO, 16H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
BUMERANGUE

75 ANOS CINECLUBE DO PORTO

Cineclube do Porto, 2022

Alexandra Saraiva Fonseca

José Alberto Pinto

José António Cunha

José Vaz

Marta Reis

A edição deste livro, que cremos ser uma urgência histórica, aborda temas tais como as origens do movimento cineclubista e o particular contributo do Cineclube do Porto, o contexto artístico portuense na sua ligação com o Cineclube, o acervo do Cineclube do Porto e a sua relevância não só para a leitura da cultura cinematográfica dos últimos 75 anos como para a promoção e o suporte do trabalho desenvolvido por investigadores desta área do conhecimento.

TER 30 AGO, 17H (DURAÇÃO 45 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
SESSÕES DE CONTOS

CONTOS CRIATIVOS!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Sessão de contos seguida de Oficina Criativa com a equipa das BMP

Narração ou leitura dinâmica de livro selecionado, seguida de breve oficina criativa (ilustração, dramatização, música, jogos…). Procurar-se-á abordar temas como o feminismo, a igualdade de género e os direitos humanos, com destaque para a autora Ana Luísa Amaral.

TER 30 AGO, 18H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
BRANCURA DE RELÂMPAGO

BAIÔA SEM DATA PARA MORRER

Porto Editora, 2022

Inês Fonseca Santos conversa com Rui Couceiro

Inês Fonseca Santos conversa com Rui Couceiro, Pedro Eiras, José Carlos Barros e Sérgio Godinho.

Um verso de Natália Correia estimula este ciclo de conversas sobre livros com quatro vozes relampejantes da literatura portuguesa. Quatro autores que “terrivelmente teimam em adorar a liberdade livre”.

Um exercício veemente e sem rede, palavras que apontam mil rumos, diálogos fecundos com a vida, elucubrações em voz alta sobre o mundo, o vasto mundo, este mundo-bicho que teima em fintar-nos.

Ao cair da tarde, o perfume exótico da palavra.

TER 30 AGO, 21H
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O LUGAR DA PALAVRA

DIE GETRÄUMTEN (OS SONHADOS)

Ruth Beckermann

Áustria (2016), 1h29min

 

M/12 anos

Convidado: Radu Sticlea
Programação: Cineclube do Porto

Baseado na correspondência de quase 20 anos entre dois poetas. Num estúdio de som, a artista musical Anja Plaschg e o ator Laurence Rupp exploram a empolgante correspondência trocada pela escritora, dramaturga e poeta austríaca, Ingeborg Bachmann e o poeta, tradutor e ensaísta romeno Paul Celan, que se conheceram na Viena do pós-guerra. Um filme poético sobre amor e ódio, a meio caminho entre o documentário e a encenação.

QUA 31 AGO, 15H (DURAÇÃO 120 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
OFICINAS DE ILUSTRAÇÃO

REVISTA DOIS PONTOS

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Inscrição prévia: bmp@cm-porto.pt

Mariana Malhão

Nestas oficinas da revista Dois Pontos com a ilustradora Mariana Malhão vamos recortar e pintar partes do corpo, animais e paisagens e misturar tudo de forma a criar a combinação mais improvável e absurda. Vem dar asas à criatividade!

QUA 31 AGO, 16H (DURAÇÃO 60 MIN)
CONCHA ACÚSTICA
BUMERANGUE

A MINHA MÃE É A MINHA FILHA

Porto Editora, 2022

Júlio Machado Vaz

Valter Hugo Mãe

Apresentação do mais recente livro de Valter Hugo Mãe, A minha mãe é a minha filha. Um texto íntimo de força universal, este é um terno elogio a quem exerce a graça de amar acima de qualquer desafio.

QUA 31 AGO, 17H (DURAÇÃO 45 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
SESSÕES DE CONTOS

CONTOS CRIATIVOS!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Sessão de contos seguida de Oficina Criativa com a equipa das BMP

Narração ou leitura dinâmica de livro selecionado, seguida de breve oficina criativa (ilustração, dramatização, música, jogos…). Procurar-se-á abordar temas como o feminismo, a igualdade de género e os direitos humanos, com destaque para a autora Ana Luísa Amaral.

QUA 31 AGO, 18H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
BRANCURA DE RELÂMPAGO

PARAÍSO

Assírio & Alvim, 2022

Inês Fonseca Santos conversa com Pedro Eiras

Inês Fonseca Santos conversa com Rui Couceiro, Pedro Eiras, José Carlos Barros e Sérgio Godinho.

Um verso de Natália Correia estimula este ciclo de conversas sobre livros com quatro vozes relampejantes da literatura portuguesa. Quatro autores que “terrivelmente teimam em adorar a liberdade livre”.

Um exercício veemente e sem rede, palavras que apontam mil rumos, diálogos fecundos com a vida, elucubrações em voz alta sobre o mundo, o vasto mundo, este mundo-bicho que teima em fintar-nos.

Ao cair da tarde, o perfume exótico da palavra.

QUA 31 AGO, 21H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
CONCERTOS

ALDINA

“Tudo recomeça” é uma antologia que mostra a história do fado de Aldina nos palcos. Fados que depois de gravados nunca deixou de cantar nos concertos, fados que sempre cantou ao vivo e que nunca foram gravados. 

Manel Cruz continua a ser o único compositor dos temas originais de Aldina, é ele quem inventa um novo fado feito à imagem e semelhança da personalidade artística da intérprete.

Paulo Parreira, guitarra portuguesa, e Rogério Ferreira, viola, são a pedra angular de todo o trabalho. Há uma sonoridade que pertence exclusivamente a este trio, que é inconfundível e arrebatadora. "É um fado muito nosso e só dela."

QUI 01 SET, 15H (DURAÇÃO 120 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
OFICINAS DE ILUSTRAÇÃO

ANIMALIA ILUSTRADA

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Inscrição prévia: bmp@cm-porto.pt

Matilde Horta

Todos gostamos de animais, especialmente os mais pequenos. Vamos conhecer e aprender mais sobre este reino através da ilustração.

Prepara o teu chapéu, binóculos, bússola e lápis e parte connosco para esta selva de atividades. Juntos vamos explorar, ilustrar e descobrir novas espécies de animais. Estás pronto para esta aventura?

QUI 01 SET, 16H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
BUMERANGUE

DEVAGAR, A POESIA

Documenta, 2022

Pedro Eiras
Rosa Maria Martelo

Devagar, a Poesia ensina uma arte da extrema atenção, interrogando a singularidade da escrita poética. Pensando a resistência e o contrapoder, o fim do mundo e apelo a um juvenescimento sempre recomeçado, descobre-se aqui como ler, como ler melhor, como ler mais devagar.

QUI 01 SET, 17H (DURAÇÃO 45 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
SESSÕES DE CONTOS

CONTOS CRIATIVOS!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Sessão de contos seguida de Oficina Criativa com a equipa das BMP

Narração ou leitura dinâmica de livro selecionado, seguida de breve oficina criativa (ilustração, dramatização, música, jogos…). Procurar-se-á abordar temas como o feminismo, a igualdade de género e os direitos humanos, com destaque para a autora Ana Luísa Amaral.

QUI 01 SET, 18H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
BRANCURA DE RELÂMPAGO

AS PESSOAS INVISÍVEIS

LeYa, 2022

Inês Fonseca Santos conversa com José Carlos Barros

Inês Fonseca Santos conversa com Rui Couceiro, Pedro Eiras, José Carlos Barros e Sérgio Godinho.

Um verso de Natália Correia estimula este ciclo de conversas sobre livros com quatro vozes relampejantes da literatura portuguesa. Quatro autores que “terrivelmente teimam em adorar a liberdade livre”.

Um exercício veemente e sem rede, palavras que apontam mil rumos, diálogos fecundos com a vida, elucubrações em voz alta sobre o mundo, o vasto mundo, este mundo-bicho que teima em fintar-nos.

Ao cair da tarde, o perfume exótico da palavra.

QUI 01 SET, 19H (DURAÇÃO 90 MIN)
TERREIRO DO ROSEIRAL
CONCERTOS DE BOLSO

INÊS MALHEIRO / SEREIAS

Programação: Luís Salgado, Maus Hábitos

INÊS MALHEIRO

Inês Malheiro circula entre a voz e o som.

Cria narrativas sonoras usando a voz como matéria-prima, sejam elas improvisadas ou premeditadas.

 

SEREIAS

“Recomecemos tudo de novo” grita A. Pedro Ribeiro a descerrar o novo álbum dos Sereias, abrindo espaço para o deambular de uma guitarra abrasiva sobre um ritmo persistente e incursões de teclados com reminiscências jazz-rock à anos 70. É este o mote para o novo álbum, um recomeço onde encontramos o free rock dos Sereias em todo o seu esplendor, uma mistura de post-rock e kraut em progressão contínua, tenso, obsessivo, massacrante, em jogos de texturas e piscar de olhos ao free jazz e à música contemporânea e mesmo a algum tribalismo. Deste caldeirão sónico sai a voz psicótica de A. Pedro Ribeiro, ora gritada ora murmurada ora declamada, ora colérica ora depressiva, e a sua poesia bruta, de poeta de café em invetivas contra o mundo ou em lamentações existenciais.

QUI 01 SET, 21H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
CONCERTOS

FONÓGRAFO: MANUEL JOÃO VIEIRA

Manuel João Vieira canta e diz poesia portuguesa de Cesariny, Verde, Pessanha e Pessoa entre o improviso e a adaptação dos poemas a estruturas harmónicas, rítmicas e melódicas feitas à medida ou deformando-as num colete de forças ou numa trucidante dama de ferro,

Acompanhado por uma viola e um coro digital.

SEX 02 SET, 15H (DURAÇÃO 120 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
OFICINAS DE ILUSTRAÇÃO

REVISTA DOIS PONTOS

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Inscrição prévia: bmp@cm-porto.pt

Mariana Malhão

Nestas oficinas da revista Dois Pontos com a ilustradora Mariana Malhão vamos recortar e pintar partes do corpo, animais e paisagens e misturar tudo de forma a criar a combinação mais improvável e absurda. Vem dar asas à criatividade!

SEX 02 SET, 16H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
BUMERANGUE

PÁRA-ME DE REPENTE O PENSAMENTO

Opera Omnia, 2022   

José Manuel Costa

Laura Castro

O livro Pára-me de repente o pensamento é uma antologia da Poesia de Ângelo de Lima, poeta natural do Porto (1872-1921), que foi um dos introdutores do modernismo em Portugal, colaborando inclusivamente na Revista Orpheu, com Fernando Pessoa, Mário de Sá-Carneiro, Almada Negreiros, etc. O título do livro é o verso inicial de um dos seus poemas mais famosos.

SEX 02 SET, 17H (DURAÇÃO 40 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
SESSÕES DE CONTOS

SORTIDO DE CONTOS

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Virgínia Millefiori

Tal como numa caixa de sortido de biscoitos — cheio de diferentes formas, recheios, cores e sabores —, esta sessão procura oferecer oportunidades variadas no imaginário e na geografia de vida de cada um.

SEX 02 SET, 18H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
BRANCURA DE RELÂMPAGO

PALAVRAS SÃO IMAGENS SÃO PALAVRAS

Quetzal Editores, 2021

Inês Fonseca Santos conversa com Sérgio Godinho

Inês Fonseca Santos conversa com Rui Couceiro, Pedro Eiras, José Carlos Barros e Sérgio Godinho.

Um verso de Natália Correia estimula este ciclo de conversas sobre livros com quatro vozes relampejantes da literatura portuguesa. Quatro autores que “terrivelmente teimam em adorar a liberdade livre”.

Um exercício veemente e sem rede, palavras que apontam mil rumos, diálogos fecundos com a vida, elucubrações em voz alta sobre o mundo, o vasto mundo, este mundo-bicho que teima em fintar-nos.

Ao cair da tarde, o perfume exótico da palavra.

SEX 02 SET, 19H (DURAÇÃO 90 MIN)
TERREIRO DO ROSEIRAL
CONCERTOS DE BOLSO

THE MIAMI FLU / THE RITE OF TRIO

Programação: Luís Salgado, Maus Hábitos

THE MIAMI FLU

Nascem inspirados pelo psicadelismo dos anos 60 e 70 com o pano de fundo dos videojogos com o primeiro disco “Too Much Flu Will Kill You”, editado em 2016.

Neste disco viajamos num registo lo-fi entre temas que retratam universos atípicos como um amor platónico por um comprimido, universos e galáxias microscópicas.

Com uma sonoridade hi-fi, hiper-realista e polida mantêm-se fiéis ao rock psicadélico, mas olham-no de uma forma diferente porque tudo está diferente, em constante evolução, irrepetível como o passado e contínuo como o futuro.

 

THE RITE OF TRIO

Seis anos depois do internacionalmente aclamado “Getting All the Evil of the Piston Collar!”, os incontestáveis mestres do jambacore voltam a atacar com um poderoso novo álbum, “Free Development of Delirium”, em que elevam ao máximo o seu conceito musical pós pós-modernista, absurdo, irónico, cínico, in your face, e sim, piroclástico. Os The Rite of Trio podem estar constantemente a iludir as nossas expectativas e sentidos, mas a música é muito séria e vai, com certeza, tocar-nos de formas agradáveis, embora um tanto estranhas e inesperadas. Preparados para este ataque sónico?

SÁB 02 SET, 21H30 (DURAÇÃO 45 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS ARCA

FILIPE FELIZARDO

Programação: Matéria Prima

A ARCA propõe uma série de 7 concertos inspirados no conceito de Paisagem Sonora. ARCA é um projeto da Rádio Estação que tem vindo a recolher e divulgar gravações inéditas das múltiplas manifestações sonoras da cidade do Porto.

SEX 02 SET, 22H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O POEMA ENSINA A CAIR

VALÉRIO ROMÃO

Conversas à boca da noite conduzidas por Raquel Marinho, divulgadora de poesia e autora do projeto O poema ensina a cair.

Três convidados fulminantes, escrita desarmante, urgente, viciante: Cláudia Lucas Chéu, Cláudia R. Sampaio e Valério Romão.

A palavra ao ritmo do coração.

SÁB 03 SET, 11H (DURAÇÃO 120 MIN)
LAGO DOS CAVALINHOS
OFICINA DE DESENHO

O OLHAR (CURIOSO) DAS COISAS

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Lara Soares

Este projeto procura aproximar a prática do desenho à do caminhar em meio natural e inspira-se numa das obras de Ana Luísa Amaral. Observar, explorar, investigar, ouvir, tocar, provar. Só com o corpo e de coração aberto conseguimos tirar o maior partido do que a natureza tem para descobrir.

SÁB 03 SET, 11H – 21H
TERREIRO DA BIBLIOTECA
FEIRA DA ALEGRIA

FEIRA DO LIVRO CONVIDA A FEIRA DA ALEGRIA

Programação: Rui Silva, Mariana Malhão e José Peneda

Apoio à Produção: Praça da Alegria F.C., Favela Discos, Oficina Arara

A Feira da Alegria — mercado de edição, transumância gráfica e escatologia comercial — reúne coletivos que se expressam através do múltiplo gráfico: serigrafia, gravura, tipografia, ilustração, fotocópia e artefactos com inscrição incerta. A Alegria distingue-se por privilegiar fenómenos de comunicação lenta, opaca e texturada, numa combinação heurística entre artes visuais, som e literatura. A amálgama gráfica de objetos com um tempo de publicação definido pelo acidente e pela ocasião é um desafio criativo para quem publica e para quem vê. Este ano a Feira da Alegria combina a edição com um conjunto de pequenos eventos sonoros e performativos que dará outra cor à sua participação na Feira do Livro.

 

Participantes

Aefbpaup

Albert Tannat

Ana Reuss 

Ana Seixas

Ana Torrie

Antumbra Publishing House

Apre

Bárbara R.

Carolina Celas

Carolina Garfo

Conxita Herrero

D.Vanderh

David Penela 

Doutor Urânio

Ediciones Humilladas 

Ediciones Valientes

Edições Amateur

Edições da Ruína

Eixa & Vendo Oro

Elias Taño

Emeceramics

Erva Daninha

Fojo

Gabinete Paratextual & Joaquim Pires

Joana Lourencinho Carneiro

La Oliwa

Lovers & Lollypops

Margoo 

Mariana Malhão

Mariana, a Miserável 

Massacre

Nada Pouco Quase Muito 

Nicolau

Oficina Arara

Oficina Mescla

Palpable Press 

Paralaxe

Patricia Shim 

Pilar del Río

Ratas Gráfikas 

Reunião Apócrifos Foragidos 

Revista Dose

Revista Prego 

Ritardo

Sismógrafo 

Stolen Books 

Strane Edizione

Subseri la Stamperia Sotterranea

Talmud Editions y Fanzineología 

Tamires Mazzo

Tilo

Tina Siuda & Not So Fast Press

Tomás QualquerCoisa

Tomé Tomé

Turbina Associação Cultural 

Uma Joana

Vivas, vivas, muito vivas

SÁB 03 SET, 11H (DURAÇÃO 40 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
TEATRO

ARCO-ÍRIS

Espetáculos para famílias com bebés entre os 18 e os 36 meses

(acompanhados de 1 adulto)

Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Teatro e Bebés

Numa noite, inexplicavelmente, o mundo perdeu a cor e as duas irmãs não sabem o que fazer. O mundo colorido que as rodeia agora tem apenas uma cor: branco! Contudo, os lápis de cor que a avó lhes deu são mágicos, capazes até de pintar o arco-íris!

SÁB 03 SET, 11H30 (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O SENTIDO DA VIDA É SÓ CANTAR

THIS IS THE WAY THE WORLD ENDS: POESIA E FIM DO MUNDO

por Pedro Eiras

Claro, nem toda a poesia é apocalíptica (também seria possível pensar uma Lição sobre poesia genesíaca...). Porém, parece haver um “tom apocalíptico adoptado recentemente na poesia”, se posso glosar um célebre título de Derrida. Que relações se estabelecem entre alguns poemas recentes e a ideia de fim do mundo? Como pode a poesia denunciar o perigo do fim do mundo de vários fins, de vários mundos? E que surpreendente lição de resistência pode irromper nessa paisagem apocalíptica?

SÁB 03 SET, 14H (DURAÇÃO 30 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS FEIRA DA ALEGRIA

JEJUNO

Programação: Rui Silva

SÁB 03 SET, 15H (DURAÇÃO 30 MIN)
ILHA
SESSÕES DE CONTOS

ERA UMA VES…PA!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Sandra Barros

“Era uma ves...pa!” conta a história de Lia, uma pequena vespa que não lia porque não conseguia. Com a ajuda dos melhores amigos, Lia descobre o prazer de ler, de nas histórias viajar e por dentro crescer. “Era uma ves...pa!” é uma história para crianças no início da viagem da leitura.

SÁB 03 SET, 15H (DURAÇÃO 45 MIN + 35 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
À VOLTA DOS LIVROS

DISCÓRDIA

Conversa com os autores e ilustradores, seguida de oficina de ilustração

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Nani Brunini
Programação: Inês Vila, Tiago Andrade

As expressões faciais são uma das formas que usamos para expressar senti­mentos. São, quase sempre, involuntárias. Não conseguimos evitar franzir as sobrancelhas quando estamos zangados ou torcer o nariz quando não gosta­mos de alguma coisa. Nesta sessão, a autora Nani Brunini explora os temas da narrativa visual Discórdia (2021). Na oficina, através da expressão plástica e corporal, pretende-se desenvolver competências de miúdos e graúdos na expressão e interpretação de sentimentos próprios e alheios.

SÁB 03 SET, 16H (DURAÇÃO 30 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS FEIRA DA ALEGRIA

TEMJUÍZO

Programação: Rui Silva

SÁB 03 SET, 16H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
POEMAGENS

FRANCISCA CAMELO CONVERSA COM LUCA ARGEL

Leitura de poemas por Cirila Bossuet

Pedimos emprestado a Fernando Lemos, poeta, pintor, escultor, designer e tudo, o título deste ciclo de conversas sobre livros e outros olhares sobre um mundo que parece ter sido “pintado inteiramente a Branco e Preto”.

O retrato, o gesto, o sabor do texto, a chama da escrita de quatro nomes incontornáveis da moderna poesia portuguesa: Inês Lourenço, Filipa Leal, Francisca Camelo e Nuno Júdice.

Que ninguém diga “desta poesia não beberei”.

SÁB 03 SET, 17H (DURAÇÃO 30 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS FEIRA DA ALEGRIA

ORIANO

Programação: Rui Silva

SÁB 03 SET, 19H (DURAÇÃO 90 MIN)
TERREIRO DO ROSEIRAL
CONCERTOS DE BOLSO

COLECTORES / HOLY NOTHING

Programação: Luís Salgado, Maus Hábitos

COLECTORES

É um projeto de música instrumental, criado pelos músicos Pedro João (PT) e Doc Rossi (IT) no final de 2019 e que centra a sua exploração nas sonoridades e possibilidades expressivas da reunião de dois instrumentos de corda, o cavaquinho português e o mandocello ou bandoloncelo. O seu nome surge de um trabalho de produção de música original, que se desenvolve numa atitude de abertura e absorção de um universo musical e imagético que trespassa fronteiras geográficas, temporais e estilísticas.

 

HOLY NOTHING

É uma banda transatlântica, um duo de música eletrónica, sediado no Porto, que une esforços com um grupo de músicos independentes Brasileiros, tais como Angelo B ou BaianaSystem, para criar uma mistura única entre música de dança e ritmos quentes sul-americanos. Este coletivo estabelece um diálogo imprevisível entre sintetizadores e guitarras baianas, drum machines e pandeiros. Esta fusão propicia a concertos enigmáticos e enérgicos, numa conjugação inusitada entre ambientes sonoros densos e ritmos tropicais.

SÁB 03 SET, 20H (DURAÇÃO 30 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS FEIRA DA ALEGRIA

DAVID OLE + VASCO DA GANZA

Programação: Rui Silva

SÁB 03 SET, 21H30 (DURAÇÃO 60 MIN)
LAGO DOS CAVALINHOS
PORTA-JAZZ AO RELENTO

VERA MORAIS E HRISTO GOLEMINOV

CONSIDER THE PLUMS

Programação: Associação Porta-Jazz

Vera Morais – Voz

Hristo Goleminov – Saxofone tenor


O duo Vera Morais e Hristo Goleminov edita o seu disco de estreia “Consider the Plums” da Carimbo Porta-Jazz. Uma seleção de poemas de William Carlos Williams é a base para música de natureza elástica e translúcida e que deambula sobre os limites entre composição e improvisação e entre a voz e o saxofone.

SÁB 03 SET, 22H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O POEMA ENSINA A CAIR

DANIEL JONAS

Conversas à boca da noite conduzidas por Raquel Marinho, divulgadora de poesia e autora do projeto O poema ensina a cair.

Três convidados fulminantes, escrita desarmante, urgente, viciante: Cláudia Lucas Chéu, Cláudia R. Sampaio e Valério Romão.

A palavra ao ritmo do coração.

DOM 04 SET, 11H – 21H
TERREIRO DA BIBLIOTECA
FEIRA DA ALEGRIA

FEIRA DO LIVRO CONVIDA A FEIRA DA ALEGRIA

Programação: Rui Silva, Mariana Malhão e José Peneda

Apoio à Produção: Praça da Alegria F.C., Favela Discos, Oficina Arara

A Feira da Alegria — mercado de edição, transumância gráfica e escatologia comercial — reúne coletivos que se expressam através do múltiplo gráfico: serigrafia, gravura, tipografia, ilustração, fotocópia e artefactos com inscrição incerta. A Alegria distingue-se por privilegiar fenómenos de comunicação lenta, opaca e texturada, numa combinação heurística entre artes visuais, som e literatura. A amálgama gráfica de objetos com um tempo de publicação definido pelo acidente e pela ocasião é um desafio criativo para quem publica e para quem vê. Este ano a Feira da Alegria combina a edição com um conjunto de pequenos eventos sonoros e performativos que dará outra cor à sua participação na Feira do Livro.

 

Participantes

Aefbpaup

Albert Tannat

Ana Reuss 

Ana Seixas

Ana Torrie

Antumbra Publishing House

Apre

Bárbara R.

Carolina Celas

Carolina Garfo

Conxita Herrero

D.Vanderh

David Penela 

Doutor Urânio

Ediciones Humilladas 

Ediciones Valientes

Edições Amateur

Edições da Ruína

Eixa & Vendo Oro

Elias Taño

Emeceramics

Erva Daninha

Fojo

Gabinete Paratextual & Joaquim Pires

Joana Lourencinho Carneiro

La Oliwa

Lovers & Lollypops

Margoo 

Mariana Malhão

Mariana, a Miserável 

Massacre

Nada Pouco Quase Muito 

Nicolau

Oficina Arara

Oficina Mescla

Palpable Press 

Paralaxe

Patricia Shim 

Pilar del Río

Ratas Gráfikas 

Reunião Apócrifos Foragidos 

Revista Dose

Revista Prego 

Ritardo

Sismógrafo 

Stolen Books 

Strane Edizione

Subseri la Stamperia Sotterranea

Talmud Editions y Fanzineología 

Tamires Mazzo

Tilo

Tina Siuda & Not So Fast Press

Tomás QualquerCoisa

Tomé Tomé

Turbina Associação Cultural 

Uma Joana

Vivas, vivas, muito vivas

DOM 04 SET, 11H (DURAÇÃO 40 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
TEATRO

ARCO-ÍRIS

Espetáculos para famílias com bebés entre os 18 e os 36 meses

(acompanhados de 1 adulto)

Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Teatro e Bebés

Numa noite, inexplicavelmente, o mundo perdeu a cor e as duas irmãs não sabem o que fazer. O mundo colorido que as rodeia agora tem apenas uma cor: branco! Contudo, os lápis de cor que a avó lhes deu são mágicos, capazes até de pintar o arco-íris!

DOM 04 SET, 11H (DURAÇÃO 120 MIN)
LAGO DOS CAVALINHOS
OFICINA DE DESENHO

O OLHAR (CURIOSO) DAS COISAS

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Lara Soares

Este projeto procura aproximar a prática do desenho à do caminhar em meio natural e inspira-se numa das obras de Ana Luísa Amaral. Observar, explorar, investigar, ouvir, tocar, provar. Só com o corpo e de coração aberto conseguimos tirar o maior partido do que a natureza tem para descobrir.

DOM 04 SET, 11H30 (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O SENTIDO DA VIDA É SÓ CANTAR

DO LADO PARTIDO.
ENSAIO SOBRE O DESACERTO
(OU NO RINGUE COM JOSÉ TOLENTINO MENDONÇA)

por Paulo Pires do Vale

No duelo com certas noites
um coração sai sempre perdedor

JTM

Baldios, fronteiras, fendas, noites, arenas e ringues. A topologia poética de JTM é este reino aberto do relento. Do desabrigo, do começo, do não-saber. O poema aumenta a sede. Recoloca a vida numa certa infância. Exige a apostasia e a destruição do Templo: ficar sem defesas, em desequilibrismo. 

A obra de JTM espelha-nos como lugar da desproporção, da inadequação, de uma não-coincidência connosco. Um desacerto. Isso, neste ringue, derrotado à partida, ensaiarei pensar.

DOM 04 SET, 14H (DURAÇÃO 30 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS FEIRA DA ALEGRIA

MANTAS

Programação: Rui Silva

DOM 04 SET, 15H (DURAÇÃO 30 MIN)
ILHA
SESSÕES DE CONTOS

ERA UMA VES…PA!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Sandra Barros

“Era uma ves...pa!” conta a história de Lia, uma pequena vespa que não lia porque não conseguia. Com a ajuda dos melhores amigos, Lia descobre o prazer de ler, de nas histórias viajar e por dentro crescer. “Era uma ves...pa!” é uma história para crianças no início da viagem da leitura.

DOM 04 SET, 16H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
POEMAGENS

NUNO JÚDICE CONVERSA COM SÉRGIO GUIMARÃES DE SOUSA

Leitura de poemas por Susana Sá

Pedimos emprestado a Fernando Lemos, poeta, pintor, escultor, designer e tudo, o título deste ciclo de conversas sobre livros e outros olhares sobre um mundo que parece ter sido “pintado inteiramente a Branco e Preto”.

O retrato, o gesto, o sabor do texto, a chama da escrita de quatro nomes incontornáveis da moderna poesia portuguesa: Inês Lourenço, Filipa Leal, Francisca Camelo e Nuno Júdice.

Que ninguém diga “desta poesia não beberei”.

DOM 04 SET, 16H (DURAÇÃO 30 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS FEIRA DA ALEGRIA

HECTOR ARNAU

Programação: Rui Silva

DOM 04 SET, 17H (DURAÇÃO 45 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
PARA FAMÍLIAS

HISTÓRIA DA ARANHA LEOPOLDINA

Espetáculo para crianças M/3 (acompanhadas de 1 adulto)

Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Assédio Teatro

A História da Aranha Leopoldina de Ana Luísa Amaral, em forma de narrativa versificada, questiona os “papéis” socialmente pré-determinados, através da personagem-heroína que contraria as regras sociais e familiares.

Com poesia e música, este é um espetáculo cheio de ternura onde a diferença e a inclusão são exaltadas e valorizadas.

DOM 04 SET, 17H (DURAÇÃO 30 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS FEIRA DA ALEGRIA

CHRIS IMLER

Programação: Rui Silva

DOM 04 SET, 19H (DURAÇÃO 120 MIN)
CONCHA ACÚSTICA
SPOKEN WORD

ANÍBAL ZOLA – SEXTETO / MAZE

Programação: Tiago Andrade

ANÍBAL ZOLA – SEXTETO

Cantautor e contrabaixista do Porto, com formação académica em jazz, que desde 2008 tenta utilizar a língua portuguesa como cúmplice no seu processo de composição. Em fevereiro de 2020, lançou o álbum “amortempo”, um disco que fala de Amor, Tempo e Morte.

 

MAZE

Maze apresenta “Simbiose”, um disco de spoken word que nasce dum sítio de reencontro com a sua essência e que relata as superações da vida quotidiana numa sociedade de controlo que evita a todo o custo a libertação do indivíduo. Serve este manifesto como catalisador para essa luta pela evolução em consciência e é porta-voz duma tribo que acredita numa visão mais positiva da coexistência em harmonia com a natureza do ser.

DOM 04 SET, 20H (DURAÇÃO 30 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS FEIRA DA ALEGRIA

DIES LEXIC

Programação: Rui Silva

DOM 04 SET, 22H (DURAÇÃO 60 MIN)
O POEMA ENSINA A CAIR

CLÁUDIA LUCAS CHÉU

Conversas à boca da noite conduzidas por Raquel Marinho, divulgadora de poesia e autora do projeto O poema ensina a cair.

Três convidados fulminantes, escrita desarmante, urgente, viciante: Cláudia Lucas Chéu, Cláudia R. Sampaio e Valério Romão.

A palavra ao ritmo do coração.

SEG 05 SET, 12H30 (DURAÇÃO 45 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS ARCA

GONÇALO PENAS

Programação: Matéria Prima

A ARCA propõe uma série de 7 concertos inspirados no conceito de Paisagem Sonora. ARCA é um projeto da Rádio Estação que tem vindo a recolher e divulgar gravações inéditas das múltiplas manifestações sonoras da cidade do Porto.

SEG 05 SET, 17H (DURAÇÃO 45 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
SESSÕES DE CONTOS

CONTOS CRIATIVOS!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Sessão de contos seguida de Oficina Criativa com a equipa das BMP

Narração ou leitura dinâmica de livro selecionado, seguida de breve oficina criativa (ilustração, dramatização, música, jogos…). Procurar-se-á abordar temas como o feminismo, a igualdade de género e os direitos humanos, com destaque para a autora Ana Luísa Amaral.

SEG 05 SET, 21H
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
O LUGAR DA PALAVRA

LA ACADEMIA DE LAS MUSAS (A ACADEMIA DAS MUSAS)

José Luis Guerín

Espanha (2015), 1h32min

 

M/12 anos

Convidado: Daniel Ribas
Programação: Cineclube do Porto

Um professor de filologia promove um seminário sobre o papel das mulheres como inspiração da arte e musas da literatura. Porém, as alunas são todas atrizes e as aulas tomam um rumo inesperado.

TER 06 SET, 12H30 (DURAÇÃO 45 MIN)
PAVILHÃO DA RÁDIO
CONCERTOS ARCA

DANIELA CARNEIRO LINO + FILIPE LOURO

Programação: Matéria Prima

A ARCA propõe uma série de 7 concertos inspirados no conceito de Paisagem Sonora. ARCA é um projeto da Rádio Estação que tem vindo a recolher e divulgar gravações inéditas das múltiplas manifestações sonoras da cidade do Porto.

TER 06 SET, 14H (DURAÇÃO 60 MIN)
CAPELA DE CARLOS ALBERTO
CONCERTOS

RELAX SESSIONS

Autores: Domenico Lancellotti e Tomás Cunha Ferreira

Nas meditações coletivas temos o privilégio de estarmos reunidos, e assim podemos juntos direcionar nossas intenções, essa é a raiz de nossa inspiração que também se alimenta dos antigos rituais que usam a música para criar caminhos e organizar o caos.

Caminhos de infinitos desdobramentos, caminhos de geometrias, de beleza e de paz. 

TER 06 SET , 15H (DURAÇÃO 120 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
OFICINAS DE ILUSTRAÇÃO

ILHA DO VULCÃO

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Inscrição prévia: bmp@cm-porto.pt

Tina Siuda

Um tesouro escondido na selva profunda duma ilha com um vulcão misterioso? Fumo a sair do vulcão? Vamos rápido, antes que ele entre em erupção!

O primeiro a chegar ao tesouro é o vencedor! Construiremos o trilho até ao tesouro escondido, com algumas armadilhas ao longo do caminho!

TER 06 SET, 17H (DURAÇÃO 45 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
SESSÕES DE CONTOS

CONTOS CRIATIVOS!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Sessão de contos seguida de Oficina Criativa com a equipa das BMP

Narração ou leitura dinâmica de livro selecionado, seguida de breve oficina criativa (ilustração, dramatização, música, jogos…). Procurar-se-á abordar temas como o feminismo, a igualdade de género e os direitos humanos, com destaque para a autora Ana Luísa Amaral.

TER 06 SET, 18H (DURAÇÃO 60 MIN)
CAPELA DE CARLOS ALBERTO
CONCERTOS

RELAX SESSIONS

Autores: Domenico Lancellotti e Tomás Cunha Ferreira

Nas meditações coletivas temos o privilégio de estarmos reunidos, e assim podemos juntos direcionar nossas intenções, essa é a raiz de nossa inspiração que também se alimenta dos antigos rituais que usam a música para criar caminhos e organizar o caos.

Caminhos de infinitos desdobramentos, caminhos de geometrias, de beleza e de paz. 

QUA 07 SET, 14H (DURAÇÃO 60 MIN)
CAPELA DE CARLOS ALBERTO
CONCERTOS

RELAX SESSIONS

Autores: Domenico Lancellotti e Tomás Cunha Ferreira

Nas meditações coletivas temos o privilégio de estarmos reunidos, e assim podemos juntos direcionar nossas intenções, essa é a raiz de nossa inspiração que também se alimenta dos antigos rituais que usam a música para criar caminhos e organizar o caos.

Caminhos de infinitos desdobramentos, caminhos de geometrias, de beleza e de paz. 

QUA 07 SET, 15H (DURAÇÃO 120 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
OFICINAS DE ILUSTRAÇÃO

REVISTA DOIS PONTOS

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Inscrição prévia: bmp@cm-porto.pt

Mariana Malhão

Nestas oficinas da revista Dois Pontos com a ilustradora Mariana Malhão vamos recortar e pintar partes do corpo, animais e paisagens e misturar tudo de forma a criar a combinação mais improvável e absurda. Vem dar asas à criatividade!

QUA 07 SET, 17H (DURAÇÃO 45 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
SESSÕES DE CONTOS

CONTOS CRIATIVOS!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Sessão de contos seguida de Oficina Criativa com a equipa das BMP

Narração ou leitura dinâmica de livro selecionado, seguida de breve oficina criativa (ilustração, dramatização, música, jogos…). Procurar-se-á abordar temas como o feminismo, a igualdade de género e os direitos humanos, com destaque para a autora Ana Luísa Amaral.

QUA 07 SET, 18H (DURAÇÃO 60 MIN)
CAPELA DE CARLOS ALBERTO
CONCERTOS

RELAX SESSIONS

Autores: Domenico Lancellotti e Tomás Cunha Ferreira

Nas meditações coletivas temos o privilégio de estarmos reunidos, e assim podemos juntos direcionar nossas intenções, essa é a raiz de nossa inspiração que também se alimenta dos antigos rituais que usam a música para criar caminhos e organizar o caos.

Caminhos de infinitos desdobramentos, caminhos de geometrias, de beleza e de paz. 

QUI 08 SET, 14H (DURAÇÃO 60 MIN)
CAPELA DE CARLOS ALBERTO
CONCERTOS

RELAX SESSIONS

Autores: Domenico Lancellotti e Tomás Cunha Ferreira

Nas meditações coletivas temos o privilégio de estarmos reunidos, e assim podemos juntos direcionar nossas intenções, essa é a raiz de nossa inspiração que também se alimenta dos antigos rituais que usam a música para criar caminhos e organizar o caos.

Caminhos de infinitos desdobramentos, caminhos de geometrias, de beleza e de paz. 

QUI 08 SET, 15H (DURAÇÃO 120 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
OFICINAS DE ILUSTRAÇÃO

ILHA DO VULCÃO

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Inscrição prévia: bmp@cm-porto.pt

Tina Siuda

Um tesouro escondido na selva profunda duma ilha com um vulcão misterioso? Fumo a sair do vulcão? Vamos rápido, antes que ele entre em erupção!

O primeiro a chegar ao tesouro é o vencedor! Construiremos o trilho até ao tesouro escondido, com algumas armadilhas ao longo do caminho!

QUI 08 SET, 17H (DURAÇÃO 45 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
SESSÕES DE CONTOS

CONTOS CRIATIVOS!

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Sessão de contos seguida de Oficina Criativa com a equipa das BMP

Narração ou leitura dinâmica de livro selecionado, seguida de breve oficina criativa (ilustração, dramatização, música, jogos…). Procurar-se-á abordar temas como o feminismo, a igualdade de género e os direitos humanos, com destaque para a autora Ana Luísa Amaral.

QUI 08 SET, 18H (DURAÇÃO 60 MIN)
CAPELA DE CARLOS ALBERTO
CONCERTOS

RELAX SESSIONS

Autores: Domenico Lancellotti e Tomás Cunha Ferreira

Nas meditações coletivas temos o privilégio de estarmos reunidos, e assim podemos juntos direcionar nossas intenções, essa é a raiz de nossa inspiração que também se alimenta dos antigos rituais que usam a música para criar caminhos e organizar o caos.

Caminhos de infinitos desdobramentos, caminhos de geometrias, de beleza e de paz. 

QUI 08 SET, 19H (DURAÇÃO 90 MIN)
TERREIRO DO ROSEIRAL
CONCERTOS DE BOLSO

ADUFES & PANDEIROS / UNSAFE SPACE GARDEN

Programação: Luís Salgado, Maus Hábitos

ADUFES & PANDEIROS

Conduzido pela sua vivência na infância, Jorge Queijo imprime nos temas de Adufes & Pandeiros memórias de viagens e caminhos, sem limites na descoberta de novos espaços e possibilidades sonoras dos instrumentos usados. O músico multi-instrumentista constrói a sua performance musical sobre instrumentos de percussão tradicional do interior de Portugal através de Pandeiros, Adufes e elementos da natureza.

 

UNSAFE SPACE GARDEN

Eles vêm com um objetivo e usam todas as armas disponíveis ao seu alcance para lá chegar através de um método de pára-arranca musical. Cada acorde é palhetado com a teimosia de quem ainda não lhe foram desvendadas as respostas para as questões mais básicas e, por isso, o gentil afagar de uma voz angelical esconde provavelmente uma birra cheia de protesto existencial atrás. Tudo isto condimentado com um pouco de comédia à la Zappa e, até mesmo, George Carlin: já que se tem de partir de algum lado, qual melhor do que o humor para nos desfazer as rigidezes?

QUI 08 SET, 22H (DURAÇÃO 90 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
QUINTAS DE LEITURA

QUINTAS DE LEITURA 

“O EXCESSO MAIS PERFEITO”

Programação: João Gesta

Ana Luísa Amaral é uma das vozes mais importantes, reconhecidas e premiadas da moderna poesia portuguesa.

A sua obra, que inclui 17 livros de poesia, agora reunidos em O Olhar Diagonal Das Coisas, abre com Minha Senhora de Quê (1990) e culmina em Mundo (2021), uma espécie de glorificação da vida.

Explica a Poeta:

“Mesmo no desconcerto que é o mundo, mesmo no horror que existe no mundo, mesmo na crueldade que existe no mundo, estar vivo é, como dizia Emily Dickinson, Poder – com maiúscula.”

No “Mundo” da Poeta cabe tudo. “Tanto pode caber uma formiga, quanto uma centopeia, a crueldade do mundo, as desigualdades”.

Poemas tristes, irónicos, insubmissos, desarmantes, numa relação estreita entre poesia e vida porque “em certa maneira a poesia pode funcionar como um substituto para a vida”.

Escreve Ana Luísa Amaral:

“Os vulcões de Dickinson não são vulcões a explodir. São vulcões que estão sempre num estado latente de ameaça”.

Assim é a escrita de Ana Luísa Amaral. Assim será o universo deste recital, construído em torno do seu “olhar diagonal das coisas”.

Uma festa da Palavra, uma viagem lucipotente através de mais de 30 anos de produção poética de Ana Luísa Amaral, que congrega o gesto certeiro e fosforescente de muitas artistas, contaminadas pela eletricidade magnética da sua poesia.

 

A noite tricotada a azul-turquesa:

Joana Espain – introito

Sónia Baptista – performance

Ana Celeste Ferreira, Cristiana Sabino, Margarida Carvalho e Susana Menezes – leituras

Manuela Pimentel – imagem

Rafaela Albuquerque – soprano

Golden Slumbers – música

emmy Curl – música

SEX 09 SET, 15H (DURAÇÃO 120 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
OFICINAS DE ILUSTRAÇÃO

REVISTA DOIS PONTOS

Para crianças M/6 anos (acompanhadas de 1 adulto)

Inscrição prévia: bmp@cm-porto.pt

Mariana Malhão

Nestas oficinas da revista Dois Pontos com a ilustradora Mariana Malhão vamos recortar e pintar partes do corpo, animais e paisagens e misturar tudo de forma a criar a combinação mais improvável e absurda. Vem dar asas à criatividade!

SEX 09 SET, 16H (DURAÇÃO 60 MIN)
AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
BUMERANGUE

A CIDADE DO PORTO NA OBRA DO FOTÓGRAFO BERNARDINO PIRES

In-Libris, 2022

Catarina Ginja

Laura Castro

Manuel Sobrinho Simões

A In-Libris apresenta o fotógrafo Bernardino Pires (1901-1977), autor de um magnífico retrato do Porto dos anos 50/60. Falaremos do fotógrafo e da obra dos mais de 40 convidados que escreveram sobre e para a sua arte.

SEX 09 SET, 17H (DURAÇÃO 40 MIN)
SALA INFANTOJUVENIL DA BIBLIOTECA MUNICIPAL ALMEIDA GARRETT
SESSÕES DE CONTOS

SORTIDO DE CONTOS

Para crianças M/3 anos (acompanhadas de 1 adulto)
Entrada livre sujeita à capacidade da sala

Virgínia Millefiori

Tal como numa caixa de sortido de biscoitos — cheio de diferentes formas, recheios, cores e sabores —, esta sessão procura oferecer oportunidades variadas no imaginário e na geografia de vida de cada um.

FEIRA DO LIVRO 

2022